Anuncie sua Empresa

StyluS

Gata da CApa

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Empresário idealizador das compras premiadas fala pela primeira vez a jornalista do Maranhão.



 
Empresário Emilson Aragão - Idealizador da compra Premiada.
O empresário Emilson Aragão (idealizador e Criador da Compra Premiada) em entrevista concedida, com exclusividade, ao editor/repórter Stuart Jr. Jornal Regional MA afirma que seus quinze anos de entregas muito bem sucedidas nos estados do Maranhão e do Pará, sem nunca lesar nenhum cliente, reforçados pela confirmação do Prof. Dr. Nivaldo Muniz – Professor Adjunto da UFMA – Universidade Federal do Maranhão – comprovam que sua idéia de negócio é, seguramente, viável e informa que está se organizando para retomar a atividade.

JRMA: O que é Compra Premiada?                                             
Emilson: É uma modalidade de negócio de compra e venda de mercadoria a varejo com recebimento antecipado de preço, onde o comprador paga parcelado e concorre em sorteios mensais para receber o produto objeto do plano livre das parcelas vincendas, mediante contemplação.

JRMA: Como surgiu a Compra Premiada?
Emilson: Motivada pela vontade que tive de facilitar a quitação de bens.

JRMA: Qual a razão da sua motivação?
Emilson: A dificuldade que a maioria das pessoas tem de concluir os tradicionais planos de pagamentos de prestações mensais.

JRMA: Como o senhor idealizou a Compra Premiada?
Emilson: Entendi que a proposta de contemplação possibilitaria a formação de uma grande carteira de clientes fidelizados que, por sua vez, reuniria a condição necessária para liberar as prestações vincendas dos clientes sorteados.

JRMA: O que o senhor constatou sobre a viabilidade da sua idéia de negócio?
Emilson: Minha proposta foi testada e aprovada pelos meus quinze anos de atividades muito bem sucedidas nos estados do Maranhão e do Pará, sem nunca lesar nenhum cliente e, também foi, recentemente, analisada pelo Prof. Dr. Nivaldo Muniz – Professor Adjunto da UFMA – Universidade Federal do Maranhão – que afirmou tratar-se de um negócio viável, porém, muito prejudicado por empresários incompetentes e ou mal intencionados.

JRMA: O senhor contraria as reclamações de alguns clientes, quando afirma não ter prejudicado nenhum deles.
Emilson: Referi-me ao período anterior a ser totalmente atingido pelas mazelas causadas ao meu negócio por incompetência ou má fé de terceiros. Mas, apesar de tudo, entre todos os empresários de Compra Premiada que tiveram suas lojas fechadas, sou o único a resolver os planos pendentes e as cobranças que você questiona são de uma minoria dos poucos clientes que não conseguiram ou não quiseram utilizar seus créditos para adquirirem mercadorias do meu saldo de estoque ou lotes provenientes de uma parceria firmada com o Loteamento Pinheiro Residencial.

JRMA: O senhor e o Prof. Dr. Nivaldo Muniz comprovaram ser a Compra premiada um negócio viável. O que explica o fechamento de várias empresas do ramo, inclusive das suas?
Emilson: Empresas de todos os seguimentos fecham todos os dias por diversos motivos. Eu aponto ser a incompetência e a má fé dos empresários as principais causas dos fechamentos das Compras Premiadas. Meu caso, em particular, ocorreu porque uma das empresas que fechou no nosso ramo usava o meu nome fantasia (Eletromil). Minha situação foi agravada pela prisão de uma das gerentes e pela fuga do proprietário da outra Eletromil. Após ter recebido dois mandados de prisão, emitidos pelos estados do Maranhão e do Pará e ambos com acusações de crimes de estelionato, o empresário da outra Eletromil fugiu e encontra-se foragido até hoje. Quase todo mercado pensava tratar-se de uma única empresa e, por este motivo, não consegui salvar a minha Eletromil, apesar de muita luta, com muita força e de várias formas, sempre acreditando e fazendo todos acreditarem ser possível evitar o fechamento das minhas lojas.

JRMA: Por que o senhor não impediu o empresário da outra Eletromil de continuar usando o nome fantasia da sua empresa?
Emilson: Ajuizei uma ação no Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão com o objetivo de impedir que o outro empresário continuasse usando o nome Compra Premiada Eletromil. Nela busco provar que, além de ser idealizador e criador tanto da modalidade Compra Premiada quanto da marca Compra Premiada Eletromil, sou também o primeiro a registrar o nome Compra Premiada Eletromil. Tive ganho de causa após quatro anos de tramitação no nível estadual, porém o Juiz reformulou sua decisão; fato que me levou a recorrer, encaminhando o Processo para Brasília. Sabendo da iminência de fechamento que estava a outra Eletromil e que a solução tão esperada não chegaria de Brasília a tempo, cuidei para resolver o problema de outra forma, quando tentei mudar o nome do meu negócio para Compramil. Mudança de marca acontece em três períodos distintos e eu estava na primeira fase, quando a outra Eletromil fechou.

JRMA: Como o senhor vai resolver a situação dos clientes que, ainda, não conseguiram recuperar seus créditos através das suas propostas apresentadas?
Emilson: Considerando o provérbio que diz “Do perdido metade é lucro” a maioria dos meus clientes poderia ter resolvido através de uma das propostas apresentadas, enquanto que eles confiaram aguardar a apresentação de outra proposta amigável. Descobri, então, que a minha credibilidade continua em alta devido à minha tradição familiar e à minha história de luta, sempre fundamentada no trabalho de continuar honrando todos os meus compromissos. Agora estou me organizando para apresentar aos meus clientes a proposta de retomada da minha atividade de Compra Premiada, onde seus pagamentos prosseguirão para receberem quitados seus produtos, mediante contemplação, ou até o pagamento da última parcela do plano.

JRMA: Como o senhor vai fazer para entregar os produtos dos clientes que já concluíram seus planos por contemplação ou por pagamento de todas as parcelas?
Emilson: Utilizarei os valores apurados para entregar, primeiro, os produtos provenientes das contemplações de cada mês e, na seqüência, serão entregues os produtos acumulados de quitações mais antigas, observado que os produtos quitados através de pagamentos até as últimas parcelas dos planos terão prioridade de entrega em relação aos produtos quitados por contemplação.

JRMA: Por que o senhor decidiu retomar a sua atividade de Compra Premiada?
Emilson: Principalmente, pela formação que tive, dada pelos meus pais e demais familiares antecessores, quando me ensinaram a amar a Deus sobre todas as coisas; a amar o próximo como a mim mesmo; a falar, sempre, a verdade; a ser honesto comigo e com todas as pessoas e a honrar todos os meus compromissos. Depois, porque tenho o dever de transmitir aos meus sucessores a minha formação moral, cívica e religiosa. E, finalmente, por que tenho a missão de levar para o mundo a boa nova que denominei “Compra Premiada”.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

São Mateus do Maranhão implanta projeto do Bombeiro Mirim.



Mesa de Honra - Prefeito Miltinho discursa para o Publico e autoridades presente.

São Mateus ganha corpo de Bombeiro Mirim, a aula inalgural aconteceu sábado passado no colégio São Francisco e contou com a presença do coordenador geral de programas sociais do corpo de Bombeiro Cel. Alves, do Maj. Hilton (representando o Cmt geral Cel. Wanderlei), a 1ª Ten Erica e Stuart Jr foram os mestres de cerimônia além de vários Cabos e Sargentos e instrutores dos Bombeiros do Maranhão. O projeto foi uma Iniciativa e articulação da Mayra da Banda Sedução e contou com o apoio total do Prefeito Municipal de São MAteus Miltinho Aragão e o padrinho do grupo do Bombeiros Mirim foi escolhido o empresario Zildeni Falcão.
Pais e alunos no Auditório Colégio São Francisco

 O evento foi abrilhantado pela cantora Alynnie Cautinn o evento contou ainda com a presença de secretários Municipais Ciro Di França Mendes ( Cultura ), secretária Telma Vieira (Educação) e Da primeira Dama e secretária da Mulher Miulete Aragão.
cantora Alynnie Cautin.

 Os Pais dos alunos ficaram muito felizes e o município se tornou o 28º do estado a implantar o projeto pioneiro que se tornou referencia para o Brasil.
Mestre de Cerimônia - Stuart Jr.
Ten Erica Apresenta os instrutores do Projeto.
O evento contou ainda com as ilustres presenças do Ator e diretor Carlos Adria e da secretária Adjunta dos Bombeiros Mirins de Viana srta. Neilma Mendes Lindoso.
(fotos; ASCOM - CBM -MA fotografo Montenegro.)

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Encontro Estadual com Prefeitos e Prefeitas do MA com a Ministra Ideli Salvatti,


Acontecerá nesta quinta-feira, dia 07/11/2013 a partir da 8 horas Encontro Estadual com Prefeitos e Prefeitas do MA com a Exma. Ministra Ideli Salvatti, Ministra – chefe  da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República no Espaço Renascença , situado na rua Carutapera nº 05 Bairro Renascença II, próximo ao  Shopping Tropical .  

O referido evento já foi realizado na maioria dos Estados da Federação e agora acontecerá em nosso Estado.  È uma oportunidade do seu município junto a sua equipe técnica acompanhar os projetos encaminhados e cadastrados no SICONV, oriundos de convênios, emendas parlamentares, um tira-dúvidas e esclarecimentos de pendências entre os entes, portanto participe. O Governo do Maranhão, através da Casa Civil e da vice- Governadoria é parceiro deste encontro.

 Para maiores informações e confirmação de presença, entre em contato com a equipe da Assessoria do gabinete da Vice-Governadoria: Mary Alba-Cel. (98) 9116-1066/3214-1798 e Sandra (98) 8285-0408/ 3214-1714.

(Fonte: Vice-Governadoria do MA)

Sessão Solene no Congresso em Homenagem aos Radialistas.


Segunda-Feira  ( 04/11) aconteceu no plenário da Câmara dos Deputados sessão solene em homenagem ao dia do radialista, que comemorase no dia 07/11. Essa indicação foi iniciativa da Anrádio Brasil e pleiteada pelo deputado Federal Cléber Verde-PRB-MA. O deputado Cleber Verde também é autor do Projeto de Lei Complementar 323/2013, que dispõe sobre a concessão de aposentadoria especial ao radialista (25 anos de contribuição) o Projeto teve iniciativa da Associação Nacional dos Radialistas e a proposta foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça, Alem disso tambem foi colocado a necessidade da carteira nacional do radialista ja aprovada também pela CCJ ( Comissão de constituição e Justiça). A anradio Brasil mais uma vez sai na frente e realiza um evento de nivel nacional em favor da categoria e que deve ter sub-sedes em todos os estados do Brasil.

O evento contou com a participação do presidente da Associação Nacional dos Radialistas (ANRADIO), Hélio Corrêa, do presidente do Sindicato dos Radialistas do Distrito Federal (SINRAD/DF), Carlos Alberto de Macedo, do presidente da Associação de Imprensa da Região Tocantina (AIRT-MA), Ozias Pânfilo, dos jornalista maranhenses Jânio Arley e Stuart Júnior (Jornal Regional MA), além de representantes da categoria de todo o país.

Segundo o presidente Hélio correia, a proposição fará justiça à categoria que tem sofrido com problemas de saúde decorrentes da profissão. “O contato com os monitores de vídeo, a radiofrequência dos transmissores, o peso das câmeras, a tensão nas centrais técnicas, os problemas de cordas vocais e de doenças pulmonares, são apenas alguns problemas presentes na categoria”, argumenta Corrêa.

A diretoria da  Anrádio Brasil, Jornal Regional MA e AIRT deseja aos heróis da comunicação de todo o Brasil, os votos de uma promissora careira. Feliz dia do radialista!
(texto: Stuart Jr/ Ozias Pânfilo AIRT).